31 janeiro, 2006

Testar um Kernel instável

Uma boa dica para tornar um sistema mais robusto de modo a que possa ser administrado remotamente é ter um kernel que sabemos que funcaiona sempre à mão, acessível no menu de boot do Grub. Mas e se não temos acesso directo à máquina para escolher o kernel no menu durante o boot?

O Grub dispõe de várias ferramentas para se poder escolher qual o próximo kernel a bootar e, se falhar, reverter para um kernel que sabemos seguro.

Suponhamos que temos dois kernels: new_kernel e old_kernel. O new_kernel é o kernel que queremos testar e o old_kernel é um kernel que sabemos que funciona.
O grub.conf fica com o seguinte aspecto:
    default saved
timeout 10
fallback 1

title new_kernel
root (hd0,0)
kernel /kernel
savedefault fallback

title old_kernel
root (hd1,0)
kernel /kernel
savedefault
Se o new_kernel falhar (panic ou afins) a máquina boota com o old_kernel na próxima oportunidade!

Tirado da página do GRUB.

03 dezembro, 2005

Sincronização do relógio com um servidor de NTP

Ora bem,

O meu portátil sofria de um caso raro de esquizofrenia nas horas. A razão ainda não a descobri mas sempre que mudo do Windows para o Linux, ou vice-versa, o relógio fica com a hora toda trocada. E o mais estranho é que não é uma questão de fuso horário uma vez que os minutos ficam também desajustados.

Ainda não percebi como resolver o problema no Windows - e também não me preocupa muito - mas no Linux segui o seguinte HOWTO e fiquei com o problema resolvido:

http://gentoo-wiki.com/HOWTO_NTP

13 novembro, 2005

Logitech MX500 e o Gentoo + Gnome

Após diversas tentativas frustradas de conseguir colocar todos os botões relevantes do MX500 (ou de outro rato similar com o mesmo número de botões) a funcionar no meu Gentoo com Gnome, finalmente cheguei lá!

Estas informações foram retiradas da WiKi de Gentoo HOWTO Mouse Nav Buttons e contém apenas a informação relevante para o meu caso.

/etc/X11/xorg.conf
...
Section "InputDevice"
Identifier "Mouse1"
Driver "mouse"
Option "Protocol" "ExplorerPS/2"
Option "Device" "/dev/mouse"
Option "Buttons" "7"
Option "ZAxisMapping" "6 7"
EndSection
...
É importante que o protocolo seja ExplorerPS/2 e não IMPS/2 como eu tinha antes... este último simplesmente não funciona!

~/.Xmodmap
pointer = 1 2 3 6 7 4 5

No próximo login de Gnome é perguntado se queremos utilizar este mapeamento dos botões do rato. É só aceitar e tornar default.

É necessário instalar o utilitário imwheel (emerge imwheel) e depois criar:

~/.imwheelrc
"mozilla*"
None, Up, Alt_L|Left
None, Down, Alt_L|Right

"^gnome-session*"
None, Up, Alt_L|Control_L|S
None, Down, Alt_L|Control_L|T

".*"
None, Up, Alt_L|Left
None, Down, Alt_L|Right

Para iniciar o imwheel durante o login, ir a G->Desktop->Preferences->Sessions, seleccionar a tab Startup Programs e adicionar uma nova entrada com prioridade 20:
imwheel -f -k -p -b "67"


Se tudo correu bem é só reiniciar o X e experimentar no Firefox!

12 novembro, 2005

Bash History (edit)

O utilizador mais distraído de Linux decerto que usa o histórico da bash na sua forma mais simples: seta para cima para ir percorrendo para trás o histórico até encontrar o comando que se quer repetir / modificar. Aqui ficam outras utilizações:

$ ^old^new
Substitui no comando anterior o texto old por new. Exemplo:
$ cp filter.c /usr/local/sec/project
$ ^filter^frontend
cp frontend.c /usr/local/sec/project
Ter em atenção que só é substituída a primeira ocorrência encontrada!

$ <CTRL-r>
Procura no histórico por um comando. Repetir para encontrar mais ocorrências.

$ !!
Repetir o último comando. Sózinho pode não ter muito uso (é mais simples seta para cima - enter) mas é útil quando usado dentro de outros comandos.

$ $n
Repetir o comando n. Útil se usado em conjugação com uma prompt que numera os comandos.

$ <alt-.> ou <esc-.>
Introduz o argumento do comando anterior... excelente em variadas situações!

Objectivos do "Truques e Dicas..."

Tenho como principal objectivo usar este espaço para partilhar pequenos comandos / truques utilizáveis em Linux que, por serem normalmente pouco utilizados ou novidade, me escapam à memória persitente.

Esta ideia surgiu durante o curso de Red Hat Certified Engineer. Muita infomação num curto espaço de tempo a merecer um espaço na web a que facilmente posso recorrer. O tempo dirá se este é o melhor formato!